Olá ! Estamos de volta para a terceira e última parte de dicas de viagem para Fernando de Noronha. Já falamos sobre como chegar e melhor local da ilha para se hospedar, restaurantes e passeios mas agora vamos ao que todos esperavam: as praias!

Aqui vale a pena prestar atenção um detalhe: as praias normalmente não ficam próximo a BR ( a rodovia que passa o ônibus e corta a ilha de um lado a outro). Se estiver de táxi na maior parte das praias eles deixam “na porta” . Nós acabamos optando por andar de táxi justamente para evitar essa caminhada adicional que em algumas praias (por exemplo a Cacimba) pode ser longa.

Fernando de Noronha tem várias praias lindas para conhecer e vamos começar falando de uma que é super famosa até fora do Brasil e eleita uma das praias mais bonitas do mundo:

Praia do Sancho ( ou Baía do Sancho também )

A Praia do Sancho é linda demais. Primeiro a gente vê um pedaço dela pela trilha… depois mais um pouco. Então vem um mirante e ela está lá posando para uma foto!

Praia do Sancho

Para chegar na Praia do Sancho tem que ir até o PIC Golfinho que é um posto de controle de entrada do parque. Lá tem que mostrar o ingresso válido (aquele que falamos nesse post sobre Noronha). Depois de se identificar existem duas opções: esquerda para Baía dos Golfinhos e direita para o Sancho. Nós fomos logo cedo para tentar ver os golfinhos então saímos para a esquerda. O caminho é todo em uma trilha elevada feita de plástico reciclado imitando madeira e tem uns 30 minutos de caminhada até o mirante.

Trilha PIC até mirante na Baía dos Golfinhos
Baía dos Golfinhos (Mirante)

Do mirante da Baía dos Golfinhos a trilha passa a ser de terra e em uma caminhada de aproximadamente 20 minutos chega no Sancho. Mas acaba demorando mais porque existem 3 mirantes no meio do caminho e todos rendem excelentes fotos.

Visual do mirante

Chegando no acesso do Sancho há uma pequena fila na maior parte das vezes. Como o acesso para a praia é em uma escada na fenda da pedra existem horários de “subida” e de “descida”. Se perder o horário vai ter que esperar quase 1h.

  • 8h às 10h30 somente desce
  • 10h30 às 11h30 somente sobe
  • 11h30 às 12h30 somente desce
  • 12h30 às 13h30 somente sobe
  • 13h30 às 14h30 somente desce
  • 14h30 às 15h30 somente sobe
  • 15h30 às 16h30 somente desce
  • 16h30 às 17h30 livre
  • 17h30 às 18h somente sobe
  • Horários vigentes em Fev/2019

Depois de um pouco de aventura para descer na escada no meio das pedras e mais uma escada normal enfim colocamos o pé na areia. A praia não estava lotada porque ainda era cedo. Depois das 10:30/11h os barcos de passeio começam a parar e aí o movimento aumenta bastante.

Leve uma máscara e snorkel para se divertir com os animais marinhos, mas sem tocar ou perseguir. Afinal o visitante é você.

No Sancho não há nenhuma estrutura, barracas, etc. Tenha água, alguma coisa para comer se der fome e o que mais achar necessário.

Praia do Meio / Cachorro / Conceição

Essas praias ficam próximas da Vila dos Remédios. Então quem está hospedado na Vila com uma caminhada dá para chegar nessas praias. Tanto a praia do Meio quanto a do Cachorro nós achamos bem comum. Bonitas mas nada espetacular. A da Conceição é legal e no canto direito dela o visual para assistir o por do sol é incrível. O pessoal costuma ir no Bar do Meio nessa hora mas lá tudo é tão caro (long neck R$20; espreguiçadeira R$500 de consumação mínima por 3 horas) e ele fica tão cheio que não vale a pena. Sente nas pedras que ficam na frente do bar e aproveite!

Por do sol visto das pedras.

Praia do Boldró

Essa praia fica (óbvio) no Boldró. Então dá para se programar para ir nela no dia de pegar o ingresso do parque ou agendar trilha por conta da proximidade com o ICMBIO. É uma praia bonita e nós gostamos particularmente do canto direito dela: uma pedra grande formava um visual que chamava a atenção. E para completar tinha o bar do Gerson que era mais tranquilo e gostoso de ficar (com ótimo atendimento e preços normais de Noronha: Heineken long Neck R$15 ). Na chegada a praia tem um mirante que está abandonado mas é interessante para ver.

Praia do Boldró

Cacimba do Padre/Americano/Baía dos Porcos

A praia Cacimba do Padre é famosa por dois motivos: primeiro por conta do Morro Dois Irmãos e depois pelas ondas (excelentes no período do “sueste” que é o mar mais agitado)! Pela praia da Cacimba dá para fazer a trilha das esmeraldas (do lado esquerdo da praia) , chegando em um mirante para o Morro Dois Irmãos, passando pelas piscinas naturais nas pedras e terminando na Baía dos Porcos. Aqui vale prestar atenção nas marés e só ir na maré baixa.

Na Cacimba existe a Barraca das Gêmeas e um pouco de estrutura. Pode-se alugar cadeira e guarda-sol e tomar uma cerveja gelada (ou água de coco….rs). Na Baía dos Porcos e Praia do Americano não há estrutura.

Sueste

A Sueste é uma praia de águas tranquilas que fica dentro do parque (vai precisar do ingresso) e cheia de vida marinha para explorar de snorkel ou apenas nadando. Tem peixe, coral, tartaruga, tubarão tudo ao mesmo tempo! Do lado direito da praia tem uma área reservada para quem quer fazer flutuação para ver a vida marinha. Nessa área é obrigatório o uso de colete e quem não tem pode alugar no PIC (o posto de controle na entrada na praia). Na Sueste não há praticamente nenhum local com sombra. Então a dica é para alugar um guarda sol do parque assim que chegar porque eles tem poucos disponíveis e na alta temporada (ou dias bem cheios) acabam rapidamente. O PIC tem também uma lanchonete com opções de sanduíche, refrigerante e suco mas nada de cerveja: dentro do parque não pode álcool. Ah, falando em proibição…… Também não pode “pau de selfie” nas áreas do parque. A Sueste fecha as 16h (achamos que ela fecha cedo demais) então se programe para chegar cedo e curtir a praia com tempo.

Sueste

Leão

Próximo da Sueste (mas também não tão perto…. uma caminhada com subidas, cão de terra com pedra, etc) fica a Praia do Leão. Para o Guto é a praia mais bonita de Noronha – mas a Maclau prefere o Sancho. Leão também faz parte do parque e a parada no recém inaugurado PIC para mostrar o ingresso é obrigatória. Esse PIC é interessante porque é todo sustentável: energia solar e os banheiros não usam água. Saindo do PIC começa uma trilha em madeira feita de plástico reciclável igual a do PIC Golfinho. E rapidamente chega em um mirante incrível!!

Praia do Leão

A mistura entre os tons de azul, a areia clara, a piscina natural (onde é probido nadar, por sinal) e os morros (ou mini ilhas – não sabemos como chamar direito) é deslumbrante. Aqui a dica de alugar o guarda-sol também é válida já que quase não tem local com sombra.

Praia do Leão vista da areia na área da piscina natural. Esse morro que lembra o formato de um leão marinho dá nome a praia.

Praia do Porto

Nem precisa explicar que essa praia fica no Porto. É de lá que saem os passeios e que chega todo tipo de suprimento para a ilha.

Do lado direito da praia existe barcos na areia passando por manutenção e duas barraquinhas para comer/beber. Aqui a dica é ir para o lado esquerdo da praia. Lá no canto é bem tranquilo e mais bonito (tem uma piscina natural também.

Piscina natural na Praia do Porto

Praia do Atalaia

Essa praia está dentro da parque e é uma das trilhas que exige agendamento prévio. No dia do agendamento tem que ir até o posto de controle. Lá um guia passa instruções sobre a trilha e informações de segurança. É uma coisa rápida…… 10 minutos. Também é a hora de alugar um colete para fazer a flutuação na piscina e máscara/snorkel se não tiver. A trilha é curta com aproximadamente 30 minutos de caminhada até chegar na praia do Atalaia onde uma guia estava esperando com novas instruções sobre a flutuação na piscina (para diminuir o impacto ambiental).

É permitido ficar na flutuação por 30 minutos. Depois tem que retornar para a base. Então no total o passeio dura por volta de 2h. Um passeio curto que vale cada minuto lá. Eles pedem para que não passe repelente nem protetor solar porque os corais são muito sensíveis.

Chegamos ao fim de mais uma aventura!! A gente fica muito feliz por compartilhar as experiências com vocês. Para nós é sempre mistura de sensações boas. Então é hora de se programar para ouvir uma das melhores frases: “Tripulação, portas em automático!”.

Obrigado e até o próximo destino!

OBS: As marcas e empresas mencionadas no post são propriedade de seus respectivos donos/acionistas. Não recebemos nenhum tipo de incentivo das marcas para escrever e nossas opiniões vem de experiência pessoal, que podem ser muito diferentes de outras pessoas. Também não temos como garantir que os valores aqui apresentados sejam os mesmos que o viajante vá encontrar.

É proibida a reprodução de qualquer parte sem expressa autorização dos autores


0 comentário

Deixe uma resposta